13 enganos comuns sobre a Wicca

1:24 PM


Hi people! Como estão? Espero que bem.
Então, achei no site do Fórum da Tradição Caminhos das Sombras (TCS) uma pequena listagem de enganos comuns sobre a Wicca.
Bora ler?



Desmistificando 13 enganos comuns sobre Wicca

 No ultimo ano vi alguns enganos sobre a Wicca e que agora olhando em perspectiva me veio à mente este singelo texto sobre enganos, erros e visões equivocadas sobre a Wicca. Esse é um texto prévio e por isso está sujeito a modificações e reformulações. Sinta-se a vontade para comunicar sua opinião.

 1) Ela não é a religião mais antiga do mundo. Nasceu em 1952. Aceite este fato e viva com isso. Mesmo que muitas crenças e valores possam ter tido suas origens no Paleolítico, isso não pode e nem deve ser um diferencial, dado que todas as religiões podem ter suas origens traçadas até lá. E nem por isso temos identidade com elas.

 2) Nem todo mundo está sujeito a Lei do 3. Essa é uma crença Wiccana, exclusivamente. A Lei Tríplice é uma crença de Wiccanos, e todo o resto o universo está sujeito a Lei do Retorno. Alguns argumentam que não podem acreditar que o universo tenha uma lei especial para Wiccanos, e que neste caso, essa é uma metáfora para Lei do Retorno. Acho válido, mas não creio nisso. Em meu entendimento, o universo responde ao Wiccano triplicado porque no fim das contas nossa egrégora conta. E o universo nos dá, segundo nossas crenças.

 3) A Deusa não tem preferidos. Vai proteger a você e seus inimigos, indistintamente. O Lobo reza para que a ovelha seja saborosa, e a ovelha reza para que o Lobo fique longe. Do mesmo modo, desconfie de qualquer grupo ou pessoa que sugira ter exclusividade sobre uma determinada divindade. Os Deuses não pertencem a ninguém, mas nós pertencemos a eles e requisitar exclusividade (seja declarando-se MAIS preferido ou tendo exclusividade) é infantil e claramente um desconhecimento sobre a natureza dos Deuses.

 4) Wiccanos fazem maldições mais frequentemente do que eles gostam de admitir publicamente. Isso é um fato, e alguns de nós ficam chocados em saber que isso existe. Ora, isso aqui é Bruxaria e não casa de caridade. Maldições acontecem, guerras mágicas existem e tem gente ruim em nossa religião. Não creio certamente que isso deva ser feito de modo excessivo, ou mesmo por motivos mesquinhos. Acho que se você tiver que brigar por qualquer motivo, que seja para se defender, defender os seus e aquilo que você acredita. Nunca para causar dano deliberado, apenas porque você acha que isso é o certo. Na dúvida, recorra a justiça dos Deuses.

 5) Wicca não é só uma religião de menininhas nem só de adolescentes. Subestimar Wiccanos por isso é hybris. Aliás essa aparente fraqueza se tornou uma excelente cortina de fumaça. Adversários de outras religiões costumam subestimar Wiccanos porque acham que a Wicca não pode oferecer as ferramentas mágicas que outros sistemas. Ledo engano. Todo Wiccano por principio, tem acesso a tudo aquilo que nos une as nossas raízes comuns com outras tradições ocidentais de mistério. Não terá acesso pela iniciação, mas as linguagens comuns permitem compreender rapidamente esses conceitos. Ademais, a flexibilidade da religião permite integrar isso com práticas consideradas de Nova Era, de modo que dentro de uma religião mistérica como essa temos tradição e modernidade integradas dentro de um sistema amplo e flexível. 

 6) Dogmatismo e Wicca são como água e óleo: não se misturam. Evite os donos da verdade como quem evita lepra. Como acontece com outros sistemas mistéricos, a Wicca é pragmática e não dogmática e existem certos princípios, como o Wiccan Rede, a Carga da Deusa ou a Liturgia que dão forma a nossa egrégora. Ora, todo dogmatismo visa engessar aquilo que pode se transformar em algo melhor. E a nossa religião é por demais jovem para ficar dura e sem flexibilidade. E como acontece na natureza, aquilo que não se adapta, morre.

 7) Wicca é uma religião de liberdade e não de libertinagem. Este é o enigma dos Arcanos do Enamorado e do Diabo. Estão relacionados quando reduzimos seus valores numerológicamente. Os segundo é a Sombra do primeiro. Os Enamorados falam da Escolha e da Liberdade que todos temos direito. Mas O Diabo, esse aponta para o nosso dever em colher os resultados de nossas escolhas. O Diabo é libertino, mas disciplina pela dor. Os Enamorados são livres, mas não conhecem a disciplina necessária para o crescimento espiritual. Mantenha o foco nas suas escolhas, agindo livremente, e garantindo que as consequências de suas ações não agrilhoem você e terá entendido claramente o sentido dessa religião.

8)-  Existem lideres na Wicca, isso não é a casa da Mãe Joana. Muitos que bradam por liberdade não são capazes de tratar com respeito os mais velhos. E qual a relação? Respeito (e não subserviência) é fundamental. Indica que você é capaz de usar adequadamente sua liberdade, em favor do bem comum. Nenhuma liderança vai agir contra você só porque se deseja caminhar só. E do mesmo modo que você escolheu caminhar só, também há aqueles que desejam caminhar junto. E esses escolheram ter professores por motivos diversos. Esses professores gastam seu tempo, energia e recursos para ensinar aqueles que precisam de ajuda. E entendo que a verdadeira liderança está em servir e esses servem ao mundo dos homens em nome dos Deuses. Olhando desse modo, isso não os faz mais dignos?

 9) Ninguém precisa ser iniciado para traçar um circulo, invocar os poderes das direções ou os Deuses. A Wicca é uma religião iniciática. E iniciar-se na Wicca, garante algumas responsabilidades. Mas não é a iniciação que faz você realizar a liturgia ou lançar um feitiço. De fato, muitas tradições não iniciam ninguém que não seja capaz de realizar certos atos de magia ou mesmo entrar em contato com os Deuses e ancestrais. Ou seja, fazer essas coisas mínimas – e outras mais – é parte daquilo que se espera de um iniciado e não poderes especiais atribuídos a iniciação.

 10) Um líder que não sabe rir de si mesmo não é um bom líder. Simples assim.

 11) Alexandrinos e Gardnerianos não possuem exclusividade sobre o uso do termo Wicca. Infelizmente há pessoas que rogam exclusividade pela religião. Essa é uma variante do termo 3 acima, mas acomete alguns (não todos) que acreditam que podem tomar com exclusividade o direito pela religião. Que a Wicca seja uma religião iniciática, isso é certo. Que os mistérios cabem aos Deuses, isso é certo. Eles se encarregarão de mostrar o caminho para o bom Wiccano.

 12) Nenhum feitiço vai resolver sua vida se você mesmo não for capaz de fazer isso sem magia. Ou seja, em algum nível você precisa ser capaz de resolver seus problemas. Magia acelera processos, facilita, e mesmo é capaz de criar possibilidades onde antes parecia não haver. Mas raramente faz aquilo que você mesmo não poderia fazer sem magia. Ora, quando não somo capazes de fazer algo, por motivos psicológicos, isso pode enviesar sua magia e torna-la ineficaz. Como diz o verso rúnico, nunca fazer nada antes de muito empenho.

 13) Não existe esse papo de Wicca Satânica ou Wicca Cristã. Quem diz isso quer seu dinheiro. Satanás e Cristo são seres nascidos do mesmo berço. E falam rápido para as consciências de qualquer pessoa nascida numa sociedade como a nossa. São excelentes garotos-propaganda. E quem associa a Wicca com essas figuras, quer vender uma imagem de “Bonzinho” (Cristo) ou de maléfico (Satanás). Se você acreditar, vira cliente. 

 Que a Deusa te abençoe, se ela assim quiser.

Agathos Athenodoros
Sacerdote da Tradição Caminhos das Sombras

You Might Also Like

0 comentários

Olá, seja bem vindo ao Bosque dos Deuses.
Se gostou do post, deseja abrir uma observação ou criticar algo, comente abaixo. Vamos adorar ler a sua opinião.

Siga por Email

A Lua de hoje

CURRENT MOON

Subscribe